Estudos indicam que irmão mais velhos estão mais propensos a obesidade

As irmãs mais velhas são mais propensas a obesidade do que suas irmãs mais novas.

As irmãs mais novas são mais propensas a serem mais magras do que a primogênita, segundo um estudo da Universidade de Leipzig.

E os pesquisadores advertiram que os primogênitos também podem estar em risco de outros problemas de saúde.

Os cientistas analisaram dados sobre a saúde de 13.400 pares de irmãs e descobriram que as mulheres primogênitas eram, em média, 29% mais propensas a ter sobrepeso e 40% mais probabilidades de serem obesas do que as irmãs nascidas no segundo ano.

As descobertas respaldaram pesquisas semelhantes que dizem que homens primogênitos são mais propensos a ter sobrepeso do que irmãos mais novos.

As últimas pesquisas examinaram dados de mulheres suecas grávidas, reunidas entre 1991 e 2009. Pesadas quando estavam entre 10 e 12 semanas de gravidez, as mulheres primogênitas eram mais pesadas em média do que as irmãs mais novas.

Isto significou que seu índice de massa corporal (IMC) era 2.4 % mais elevado. Irmãs primogênitas eram apenas mais altas, medindo um adicional de 1,2 mm em média.

Os pesquisadores também observaram um aumento considerável no peso médio durante o período de 18 anos, aumentando em 115 gramas por ano.

Os especialistas, da Universidade de Auckland, na Nova Zelândia, e da Universidade de Uppsala, na Suécia, disseram que não está claro por que as irmãs mais velhas pareciam ser mais pesadas. Mas eles disseram que as descobertas podem explicar por que os números de obesidade parecem estar crescendo.

Uma vez que as famílias estão encolhendo, com menos pais com mais de dois filhos, uma maior proporção de pessoas hoje, são primogênitos, do que no passado. Portanto, se os primogênitos têm maior probabilidade de ter sobrepeso, isso aumentará as taxas de obesidade.

Os cientistas também disseram que há uma crescente evidência de que os primogênitos estão mais em risco de problemas de saúde, como diabetes e hipertensão na vida adulta do que seus irmãos. Mas as causas subjacentes a essas diferenças estão longe de serem claras, acrescentaram.

Escrevendo no Journal of Epidemiology and Community Health, a equipe disse: “Nosso estudo corrobora outros grandes estudos sobre homens, como nós mostramos que as mulheres primogênitas têm maior IMC e são mais propensas a ter sobrepeso ou obesidade do que suas irmãs nascidas depois.

X

Pin It on Pinterest

X